Uma calculadora de carbono para o sector musical

calculadora de carbono
14/10/2021

A IMPALA, associação europeia de empresas independentes da indústria musical, lançou uma colaboração com a Julie’s Bicycle – uma ONG britânica, pioneira na mobilização das artes e da cultura para actuar na crise climática e ecológica – para construir a primeira calculadora de carbono projectada para a indústria musical. A calculadora ajudará os membros da IMPALA a medir a sua pegada de carbono e identificar pontos críticos. O objetivo? Tornar as acções dos vários membros imediatamente aplicáveis, com potencial de impacto e escaláveis.

Durante o verão, foram várias as empresas e associações de toda a Europa que apoiaram o projecto: a Altafonte, desde já, esteve lado-a-lado com estruturas como a Because Music, Beggars Group, Cherry Red Records, City Slang, Domino Recording Company ou Ninja Tune, entre muitas outras.

A calculadora virá com um layout personalizado e um helpdesk para facilitar a contabilização de carbono, levando em consideração a análise das emissões directas de fontes próprias ou controladas e das emissões indirectas, bem como as emissões indirectas relevantes.

Alison Tickell, fundadora e CEO da Julie’s Bicycle, e conselheira da taskforce da IMPALA, salienta que a iniciativa é “um compromisso com carbono zero líquido” o que “significa assumir total responsabilidade pelos nossos próprios impactos ambientais, embora a ação colectiva, em escala e velocidade, é o que realmente fará a diferença.”

A IMPALA foi fundada em 2000 e representa mais de 5.000 empresas musicais independentes. 99% das empresas musicais europeias são pequenas, micro e médias empresas e artistas independentes, líderes mundiais em termos de inovação e descoberta de novas músicas e artistas, produzindo mais de 80% de todos os novos lançamentos e respondendo por 80% dos empregos do setor.

Voltar ao blog
¿Qué quieres buscar?

Por favor, gira tu dispositivo para ver la web